Você sabia que foram Encontrados Buracos Negros No Oceano Atlântico
Os oceanos cobrem mais de 70% da superfície da Terra, contêm 97% da água do planeta e são cheio de mistérios. Marés vermelhas brilhantes, anomalias sonoras, criaturas bizarras à espreita nas profundezas. Um desses enigmas se destaca entre os demais: existem de fato buracos negros no Oceano Atlântico? Um buraco negro tem uma atração gravitacional tão grande que, quando algo é puxado, não tem chance de escapar. Nem a luz sai de um buraco negro. Os “buracos negros” do oceano parecem ser tão poderosos quanto seus parentes do espaço. Mas o que eles fazem?
Confira minha lista:
número um maré vermelha um dia você
decide fazer um passeio pela praia mas
quando se aproxima da costa percebi algo
chocante a água tem uma cor vermelha de
arrepiar esse tom em comum é causado por
algas plantas marinhas microscópicas
desabrochando o crescendo rapidamente
nas águas oceânicas se você acha que
isso não é nada demais pense duas vezes
durante uma maré vermelha 1 litro de
água do mar pode conferir milhões de
algas o que é extremamente perigoso para
pássaros animais marinhos e até para nós
humanos
e as algas vermelhas podem atrapalhar a
respiração e comer peixes e mariscos
apanhados na maré vermelha pode levar a
uma série intoxicação alimentar número
dois fenômeno do mar leitoso em uma
noite escura você vai um passeio de
barco pelo oceano você está admirando as
estrelas acima da sua cabeça quando de
repente algo chama sua atenção você
fique é algo à frente a água do oceano
está brilhando com a luz branca
sobrenatural não entre em pânico você é
uma testemunha afortunada do fenômeno do
mar leitoso todo esse brilho parece
sinistro mas não há nada de paranormal
nisso mesmo que às vezes o brilho seja
tão brilhante e sua área tão grande que
pode ser visto do espaço esse fenômeno
acontece principalmente nas águas do
oceano índico cientistas ainda não
concordaram sobre a origem do brilho
enigmático porém a ideia mais popular é
que o oceano começa a brilhar quando
inúmeros bactérias que brilham no escuro
se reúne em um só lugar
e leva organizar encontros tão grandes e
só ainda é um mistério número 3 flechas
verdes
e quando for ver o pôr do sol ou nascer
do sol perto do oceano e foi uma pessoa
sortuda poderá observar dele um dos
flashes verdes no horizonte porque sorte
porque geralmente esses flashes não
duram mais do que alguns além disso esse
fenômeno é bastante raro por si só é
mais provável que você veja flash os
verdes ao pôr-do-sol do que é o nascer
do sol e desaparecem quando atmosfera
inclina a luz solar passando por ela ea
separem cores diferentes assim como um
prisma de vidro a luz em pequenos
arco-íris bem no momento em que o sol
está nascendo acima do horizonte ou se
pondo a luz verde é a mais visível porém
em dias muito claros os raios violeta ou
azul podem atravessar a atmosfera e você
poderá ver flashes azuis ainda mais
incríveis em vez dos verdes número 4
março humilhante fumaça de geada fumaça
do mar neve de vapor esse fenômeno tem
muitos nomes em um dia frio você pode
ver o oceano literalmente
ah mas não tem nada a ver com fogo a
água começa a vaporizar quando o vento
que transporta o ar frio colide com ar
quente e úmido sobre a superfície da
água o ar quente esfria quase
imediatamente o resultado é a própria
fumaça do mar que parece quase o mesmo
que o vapor em uma chaleira fervendo ou
a respiração em um dia frio e congelante
apenas em uma escala muito menor número
5 cachoeiras em baixo d’água quando
perguntada a maioria das pessoas dirá
que a cachoeira mais alta do mundo é
angel falls na venezuela de fato essa
cachoeira tem mais de 900 metros de
altura muito mais alta que o edifício
mais alto do mundo o burj khalifa mas a
maior cachoeira do mundo fica na verdade
embaixo da água por mais confuso que
isso possa parecer a catarata do
estreito da dinamarca esse é o nome
desse fenômeno alucinante fica embaixo
do estreito da dinamarca separando a
groenlândia lá as águas geladas do mar
nórdicos
e o mar irminger o qual possui águas
muito mais quentes a diferença de
temperatura faz com que a água fria flua
por baixo da mais quente criando uma
queda de 3500 metros que apenas três
vezes menor que a depressão challenger o
lugar mais profundo da terra a catarata
do estreito da dinamarca também
transporta 50 mil vezes mais água do que
as cataratas do niágara a número seis o
som bloop pela primeira e única vez o
grupo foi gravado em 1997 esse som de
baixa frequência e com um minuto de
duração vinha do litoral sul do chile e
é tão ensurdecedoramente alto que
microfones subaquáticos até cinco mil km
de distância podiam ouvir lu nossa coisa
mais arrepiante sobre esse barulho é que
ninguém nunca mais ouviu não é à toa que
pessoas do mundo todo começaram a
procurar explicações isso é um som de um
megalodonte de no marinho lula gigante
ou algum outro habitante do mar
é perto a empolgação aumentou depois que
os cientistas anunciaram que o barulho
era cem porcento não feito pelo homem
infelizmente os amantes de ficção
científica foram recepcionados quando o
mistério foi resolvido o som enigmático
era criado por um estrondoso tremor de
gelo subaquático o estado da plataforma
de gelo se mantendo na antártica número
7 buracos negros no oceano talvez você
não precisa voar para o espaço se quiser
ver um buraco negro mais de perto
cientistas descobriram algo muito
semelhante aos buracos negros no sul do
oceano atlântico um buraco negro tem uma
atração gravitacional tão grande que
quando algo é puxado por ele não tem
chance de escapar nem a luz consegue
escapar de um buraco negro os buracos
negros oceano parecem ser tão poderosos
quanto os seus parentes espaciais
simples de captar a luz eles fazem o
mesmo com água redemoinhos oceânicos são
enormes e redemoinhos que giram contra a
corrente principal eles costumam votar
de toneladas de água e a maioria é maior
que uma cidade esses turbilhões são tão
poderosos que nada pego por eles
conseguem escapar mas o mais assustador
é que você nem percebe quando está
entrando em um essas coisas são tão
grandes que você não verá seus limites
até que seja tarde demais cientistas no
entanto começaram a explorar os vórtices
oceânicos com ajuda de satélites foi
assim que descobriram as fronteiras de
vários redemoinhos depois disso eles
conseguiram provar que matematicamente
esses turbilhões ou reza buracos negros
misteriosos no espaço redemoinhos
maciços são cercados por barreiras super
apertadas onde o fluido está se movendo
em looks fechados nem a água consegue
sair do interior desses looks é por isso
que os vórtices apertados do oceano meio
que desempenha o papel de recipientes
gigantes a água dentro deles pode ser
totalmente diferente de você não redor
de um redemoinho e não estou falando
apenas de sua temperatura o teor de sal
dentro e fora de
e eu também difere redemoinhos oceânicos
semelhantes a buracos negros são
surpreendentemente estáveis é por isso
que eles costumam servir como táxis
aquáticos transportando todos os tipos
de microrganismos petróleo e resíduos de
plástico de uma parte do oceano para
outra número 8 vinícolas só viu aqueles
pingentes de gelo pendurados no telhado
de casas em um dia ensolarado de inverno
agora imagine mesmo pingente mas com
comprimento medido não em centímetros na
100 metros efeito não de água da chuva
mas de água do mar extremamente salgada
chamada são moura acabei de descrever o
que é brene colar um dos fenômenos mais
impressionantes que acontecem nas águas
terrivelmente frias do ártico e da
antártica quando a superfície da água do
mar congela e forma gelo e zazal e se
torna algumas das águas próximas muito
mais salgadas do que antes e quanto mais
salgado a água mais baixa o seu ponto de
congelamento o resultado são bolsas de
a única penduradas em formas de sacos de
gelo uma vez que se gelo racha você pode
observar algo bizarro e surpreendente a
salmoura começa a vazar ele é mais
salgada e mais densa que a água ao redor
e é por isso que começa a ir em direção
ao fundo ao longo do caminho a salmoura
super fria entre em contato com a água
não tão fria ea congela é quando você
pode ver um tubo de gelo se formando ao
redor da salmoura que está fundando
parabéns você está testemunhando o
surgimento de uma benicula ou
estalactites de gelo geralmente uma
brinco lá leva de 4 a 12 horas para
chegar ao fundo do oceano numero 9
círculos de plantações subaquáticas pela
primeira vez círculos de plantações
subaquáticas também conhecidos como
agroglifos foram vistos em 1995 perto da
costa sul do japão dos mergulhadores
locais chamavam essas estruturas
artisticamente padronizadas de 2m de
largura de círculos misteriosos
o atormentou muitas mentes por quase 16
anos até que o culpado foi finalmente
apanhado imagine a surpresa dos
pesquisadores quando se descobriu que
era um baiacu macho o peixe precisa de
pouco mais de uma semana para construir
um círculo e a estética é obviamente
fundamental o macho nada dentro do
círculo cavando vales na areia com suas
barbatanas isso não é tudo os peixes
também usam conchas e corais para
decorar partes específicas de seus
círculos mas essa coisa de construir um
círculo também tem um propósito prático
a maneira como o peixe nada empurrando o
ar em direção ao centro do círculo cria
um monte que mais tarde serve como ninho
ele está se preparando para ser papai.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.